A ATZ™ celebra 25 anos e para comemorar decide lançar uma edição especial em ouro. 

A empresa de ferragens ATZ™, sediada em Águeda, celebra 25 anos de história e existência. Para tornar a data solene desenvolveu uma série especial em ouro de 24 quilates.

Foi em 2013 que a ATZ™ lançou a chave mais cara do mundo, “Elizabeth“. Esta série limitada a 12 chaves de platina e ouro branco de 18 quilates, decoradas cada uma com 1.561 diamantes naturais, foi considerada como a mais valiosa de sempre com um preço estimado de 100 mil euros a unidade. Desenhada pelo reconhecido designer holandês Hans Aalbers, esta requintada chave convidava-nos a abrir as portas para um mundo de sonho.

Neste ano especial, 2015, a empresa celebra um quarto de século e para comemorar presenteia-nos com a King & Queen Special Edition. Banhada a ouro de 24 quilates esta série de latão incluí puxadores, cilindro e fechadura e é constituída por dois modelos da realeza “King & Queen”, o rei e rainha respetivamente. “King”, é um conjunto de entrada com cilindro de perfil europeu e “Queen”, por sua vez, é um conjunto de entrada de chave universal.

Inteiramente desenvolvidos e produzidos em Portugal segundo técnicas tradicionais, o toque de requinte desta série encontra-se no cilindro do modelo “King” uma vez que o mesmo poderá ser fornecido ornado de 15 diamantes naturais incrustados.

Para o lançamento desta edição especial comemorativa a ATZ™ elege novamente o Dubai, local onde também lançou a série “Elizabeth“, tendo estado de 23 a 27 de Novembro presente na Big 5, a maior feira de soluções para a construção do Médio Oriente, a fazer a apresentação desta e sua restante gama de produtos.

Desde o lançamento de “Elizabeth” e até à data, a empresa de ferragens ATZ™ investiu 1.100.000 euros no aumento das suas instalações, equipamentos, ferramentas e moldes, bem como na criação de 14 novos produtos, tendo os mesmos sido rapidamente absorvidos pelo mercado externo. O número de vendas e colaboradores que integram a empresa desde 2013 também incrementou, passando dos conhecidos 3,5 milhões para 4,7 milhões em vendas e de 76 para 86 colaboradores na sede da empresa. Com uma taxa de exportação de cerca de 94%, a América do Norte e o Médio Oriente mantêm-se como os principais consumidores da sua produção.

A ATZ™, ao longo dos últimos anos, tem trabalhado de forma concertada para contrariar os efeitos da conjuntura que o país tem vindo a atravessar, marcados pela crise económica e financeira, revelando um crescimento positivo continuo que inspira as empresas em Portugal a acreditar no êxito proveniente do empenho.

11.12.2015

 

2_LR